REGULAMENTO E NORMAS PARA A GINETEADA:

Campana ferro: 08 segundos na modalidade Clina Limpa.
Serão avaliados nesse período a desenvoltura e o equilíbrio do ginete, bem como as dificuldades exercidas pelo cavalo.
Todo ginete concorrente ao 33º Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria deverá se apresentar devidamente pilchado, respeitando as características de sua região, estado ou país.
O ginete, mesmo classificado em uma das eliminatórias ou inscrito na rodada aberta, que por ventura, vier a ter seu nome envolvido em polêmica, será sumariamente eliminado sem direito a ressarcimento.
Esporas serão fornecidas pela Comissão Organizadora e serão revisadas antes da montaria.
Nas eliminatórias, caso algum cavalo não ofereça condições para o ginete desempenhar seu trabalho, correndo de cabeça em pé, FICANDO CLARO PARA A COMISSÃO AVALIADORA E CAPATAZ DE CAMPO, o mesmo terá direito a montar outro cavalo.
Não serão aceitas apresentações de vídeos como argumento de revisão.
Aos ginetes inscritos no 33º Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria será disponibilizada área coletiva de acampamento especial, bem como ingresso de acesso ao parque no dia da sua apresentação (estacionamento não incluso). Caso venha a classificar, também será disponibilizado ingresso de acesso ao parque nos dias de suas apresentações.
SERÃO CONSIDERADOS CASOS DE ELIMINAÇÃO DE CONCORRENTE:
1. Tento com tachas;
2. Espora travada;
3. Uso de tachas nas pernas;
4. Sinais de embriaguez e outros sintomas anormais, detectados pelo Capataz de Campo ou Comissão Organizadora;
5. Uso de todo e qualquer artifício que venha a ser usado em benefício próprio e que contrarie o regulamento;
6. Corda de linho ou náilon;
7. Bater na cabeça do cavalo;
8. Desrespeitar o comando do Capataz de Campo, sendo que o mesmo é a autoridade máxima.
Casos omissos a esse regulamento serão definidos pela Comissão Organizadora e Patronagem do CTG Porteira do Rio Grande.

Compartilhe...